NBA virou um circo, diz Gregg Popovich. E virou mesmo.

Por Fábio Sormani

Tenho dito com insistência sobre a fragilidade defensiva da NBA nos últimos anos, especialmente nesta temporada. Isso me custou algumas críticas de seguidores em meu Twitter (fabio_sormani57).

Escrevi nesta minha rede social que antigamente um jogador como Michael Jordan c@gava sangue para fazer 30 pontos numa partida. Hoje, um jogador como Devin Booker (Phoenix), um jogador pouco acima da média histórica dos jogadores da NBA, faz 70 pontos.

Na rodada de ontem (06/01), o Charlotte fez 51 pontos no PRIMEIRO QUARTO e 84 pontos no PRIMEIRO TEMPO diante do Milwaukee, um time que é considerado um dos melhores da atualidade. E o Charlotte, um dos piores: é o penúltimo colocado da Conferência Leste e o antepenúltimo no geral.

Há alguns dias, o técnico Gregg Popovich, cinco vezes campeão da NBA com o San Antonio (uma franquia modesta que ele forjou à base de muito trabalho dentro e fora das quadras), disse o seguinte: “Espero que a NBA crie um arremesso de quatro pontos, cinco pontos, para que possamos tornar o basquete um verdadeiro circo. Nem vai ser esporte, seria só um monte de lixo”.

Ontem (06/01) Isiah Thomas, um dos maiores jogadores da NBA desde sempre, bicampeão com o Detroit Pistons na década de 1980, declarou em seu Twitter: “Se esta é uma das melhores temporadas ofensivas que temos visto na NBA, é também uma das piores defensivas que temos visto na NBA”.

Eu adoro a NBA. Quem conhece a minha história jornalística sabe disso. Mas o fato de gostarmos de algo não deve inibir o nosso senso crítico.

A NBA hoje é um circo na visão do Popovich. Na minha, uma verdadeira pelada.

Gregg Popovich, técnico do San Antonio Spurs. Foto Instagram

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: